Buscar

Ecoeficiência

A ecoeficiência pode ser obtida através da união entre, o fornecimento de bens e serviços sustentáveis a preços competitivos que satisfaçam as necessidades humanas, e assim, promove a redução dos impactos ambientais e de consumo de recursos naturais.

No âmbito da poluição ambiental, um sistema ecoeficiente é aquele que consegue produzir mais e melhor, com menores recursos e menores resíduos. Para tal, pressupõem-se oito elementos fundamentais para a ecoeficiência:

  1. Minimizar a intensidade de materiais dos bens e serviços.

  2. Minimizar a intensidade energética de bens e serviços.

  3. Minimizar a dispersão de tóxicos.

  4. Fomentar a reciclabilidade dos materiais.

  5. Maximizar a utilização sustentável de recursos renováveis.

  6. Estender a durabilidade dos produtos.

  7. Aumentar a intensidade de serviço dos bens e serviços.

  8. Promover a educação dos consumidores para um uso mais racional dos recursos naturais e energéticos.

Exemplos de medidas de


  • Substituir equipamentos convencionais por produtos com fechamento automático ajuda a amenizar o problema de escassez da água.

  • Optar por formas alternativas de geração de energia.

  • Implantar sistema de iluminação automático, reduzindo, gastos supérfluos de luz.

  • Substituir lâmpadas convencionais por lâmpadas de baixo consumo.

  • Separar os resíduos.

  • Resíduos sólidos devem ser reduzidos, reciclados e reutilizados.

  • Fazer a compostagem de resíduos orgânico.

  • Desenvolver ações sociais, envolvendo a comunidade local e, se possível, expandir os programas à toda a sociedade.

  • Políticas de reflorestamento.

Implantar um sistema de gestão ambiental em uma empresa, diminui custos, evita riscos ambientais, acaba com o diferencial competitivo, evita riscos à saúde dos funcionários e clientes, alcança a conformidade legal, reduz a poluição, garante a manutenção de recursos naturais e motiva as pessoas envolvidas a engajarem nas questões ambientais.

6 visualizações